RECORDACIONES DEL MEXICO OU FLAMENGO ELIMINADO


De fato fiquei um pouco na dúvida se publicava este post por aqui mesmo ou no Rebosteio, uma vez que se trata de mais uma cagada fenomenal, não poderia deixar de registrar o impacto que o resultado de ontem sobre milhares de brasileiros, a maior torcida do Brasil. O mais engraçado não é nem o fato em si, mas as reações adversas de alguns torcedores. Abaixo segue um sofredor, email enviado de um amigo meu e que não posso deixar de registrar aqui. Nada de nomes, basta saber que é um rubro negro. Segue abaixo, exatamente com suas palavras:

01:32 h da manhã.

– Não consigo dormir.
– As cenas da tragédia ainda estão na minha cabeça.
– Lembro daquelas cenas horríveis; daquele sujeito de 1,70, pesando 80 Kg, gordo e com cabelos longos, chutando forte e atingindo de forma violenta e impiedosa o braço do craque Obina.
– E a bola?
– Meu deus !!! A bola entrou pela terceira vez no gol do maior goleiro do Brasil !!! Gol do América !!! Gol de Cabañas !!! Ou seria K Banhas?
– Será que estou sonhando? Não pode ser !!!
– São 50 mil vozes caladas !!!
– Como pode? Aquela enorme massa, que afirma vencer todas as batalhas não conseguiu parar o fantástico time do Amércia do México? O último colocado do campeonato mexicano?
– Oh meu deus !!! Que tragédia !!!
– Me pergunto mais uma vez: “será que estou sonhando?” Será que o destino me reservou uma noite tão trágica, logo no dia 7, número da camisa de Renato Gaúcho na final do gol de barriga?
– Chego a seguinte e triste conclusão: “estou acordado!!”
– Minha tristeza aumenta porque logo penso: “meu deus, quantos assaltos teremos hoje no Rio de Janeiro? ” Quantos torcedores mais serão baleados na porta do maracanã? Será que os atletas do Flamengo serão mortos pela massa enfurecida? Onde será o primeiro treino do Caio Junior? No Caju? Ou no São João Batista?
– Aliás, que nome perfeito para este momento. Não é verdade? CAI O JUNIOR !!!
– Logo, minha cabeça irônica pensa no trocadilho: ” Cai o Junior, Cai o Zico, Cai o Márcio Braga, Cai o Kleber Leite, Cai o Joel, Cai o Bruno, Cai o Obina ……”
– Lembro então que eles já viveram coisas piores, afinal, perderam a final da Copa do Brasil para o Santo André no Maracanã com gol de Elvis. Que dupla de Rock daria hein: Elvis e Cabanãs !!!
– Começo a ficar mais alegre e penso que Papai Joel já me deu o presente de natal antecipado. Não quero mais o carro blindado que ia pedir para ir nos jogos contra o Flamengo.
– Já são 02:00h da manhã e preciso dormir porque daqui a pouco tenho que levantar para o batente e tenho que ler O Globo. Aguardo ansiosamente a cobertura completa da tragédia e a manchete sensacionalista que este jornal fantástico e imparcial vai estampar em sua primeira página. ” Flamengo cansado da festa do título não se classifica na Libertadores por apenas um gol – Caio Junior chega e já fala em Mundial de 2009 !!!
– O Flamengo vai ao Mundial !!! Não, não é o Mundial que vocês estão pensando. É no supermercado Mundial, o menor preço total !!! Onde o nabo, certamente deve ser mais barato !!!
– Antes de finalmente deitar, fico imaginando o que Ronaldo não fará esta noite após esta tragédia. Qual será o seu destino e sua aventura após esta humilhante derrota? Será que os 3 travecos já eram em homenagem aos 3 x 0? Será que ele ao menos estará disfarçado com aquele chapelçao mexicano? Será que vai querer ver novamente a “ola” ?
– Vou dormir !!!
– E para terminar, em razão da enorme alegria que o Flamengo me deu hoje, só posso cantar:
Eu teria um desgosto profundo se faltasse o Flamengo no mundo !!!!


Enquanto isso, em algum lugar da cidade,
um cruzmaltino enche os pulmões para gritar:
– VICE DE NOVO!

Anúncios

Um pensamento sobre “RECORDACIONES DEL MEXICO OU FLAMENGO ELIMINADO

  1. RELATO PESSOAL
    “Estava eu no meu banho noturno, cospindo a catarreira que aplaca meu peito desde segunda, quando do trono perpétuo onde reino soberano, ouço os gritos de torcedores das janelas dos prédios. Botafoguenses, Rubro Negros e principalmente Tricolores jogando aos quatro ventos suas provocações e descontentamentos. Uns tiravam sarro da desgraça alheia, outros bravavam a continuação na Libertadores.
    Um grito mais distante encerrava a discussão:
    – VAAAAAAAAAAAAAAAAAAASCOOOOOOOOOOOOOOO.
    Era final do jogo em São Januário. O time cruzmaltino estava classificado para mais um etapa da Copa do Brasil. Do outro lado da cidade alguns amigos meus do trabalho não conseguiram entrar no estádio. Nem por isso deixaram de acompanhar por ali o jogo pela televisão, mas infelizmente era uma pelada a ser transmitida. A seleção do America del Mexico não jogou lá uma grande partida, apenas aproveitou o salto alto e o cansaço do velho urubu sentenciando uma nação inteira em prantos, quanto tantas vezes diversos outros torcedores de times adversários também choraram pela sua maior alegria”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s