SERIADO: MACUMBA PESADA

Lembra do CARGA PESADA? A idéia é mais ou menos esta, mas com outra roupagem. Pedro e Bino, digo, Stênio Garcia e Antonio Fagundes interpretando uma dupla de policiais nos anos 70, com aquelas calças bocas de sino e tudo. Tinha que ser nesta época até para se diferenciar dos outros seriados que existiam hoje e com esta temática seria diferente de qualquer outra coisa já feita. Sucesso.


Não pensei ainda no nome de cada personagem, mas teria um episódio em que o Zé Bonitinho seria um traficante preso por eles numa escadaria em Santa Teresa. Bino tomaria um tiro, Pedro derrubaria Zé Bonitinho com um rabo de arraia, sem bordão nem nada do vilão, mas na delegacia os travecos iam ruborizar, sem contar as mulheres da vida gritando em coro mas isto não seria engraçado, apenas uma leve lembrança ao seu personagem já consagrado.

Pedro e Bino, que não se chamam Pedro nem Bino, perseguiam bandidos no Rio de Janeiro com ajuda de uma dona de um terreiro do Morro Dona Marta. Tinham um cão, poderia se chamar Marmaduque, e seria um clichê, pastor alemão mesmo. O chefe da delegacia era Chico Anysio, tipo Professor Raimundo, mas poderia ser negro também, tipo Milton Gonçalves. Não, Milton Gonçalves era outro mestre capoeira que de vez em quando ajudava Pedro e Bino. Lembrar do episódio onde Bino entra na roda de capoeira.

A mãe de santo poderia ser jovem, bonita e não teria relação amorosa nenhuma com nenhum dos policiais, já a sua filha, qualquer coisa que lembre Potira, uma índia bonita mesmo, esta sim, teria um lance com um dos policiais, engravidaria lá pela segunda temporada depois de uma emboscada do traficante vivido por Mateus Nachtergale que também era bicha para não perder o costume. Ficaria a dúvida se o filho era dela ou de um dos policiais, uma vez que a Potira fora estuprada no cativeiro e estivera um pouco antes com a dupla.

Marmaduque, o pastor alemão, não andava sempre com eles, era de estimação do filho de Bino, separado daquela riponga que a Carolina Ferraz fazia. Imaginei alguém parecido com o Samuel Rosa para fazer o filho, tinha que ter cara de mongoloide mesmo, ia ter todo um lance social, qualquer coisa.


Marcelo Nova seria outro policial, trabalhava em outro distrito, São Bernardo do Campo, qualquer outra cidade não a capital, auxiliava em algumas investigações. Tinha o cabelo Elvis e costeletas mesmo, repetia “baby” ao final de cada frase, obrigatoriamente.

Pedro tinha problemas com bebida, de vez em quando ia ter recaídas. Teria um episódio que ele passaria noite inteira num bar olhando pro copo no balcão, mas não beberia, pelo menos até Bino chegar com Marcelo Nova e duas putas de cada lado comemorando a vitória do Botafogo. Pedro era tricolor, obviamente que iam mexer com isso e sua masculinidade. Corta para Milton Gonçalves, mestre capoeira, lembram? Ele num jogo do Flamengo, claro. Lembrei disso pra situar. Pronto. O delegado tinha uma bandeira do Vasco atrás dele, seu auxiliar, Leo Jaime torcia pro América.

Jogo do bicho, muita música ruim, Camila Pitanga, tem que ter muitos Fuscas, a praia, gente de sunga de crochê, bossa nova essa merda, menos loiras mais morenas, qualquer coisa exceto samba com quatro episódios de diferença se não vira outra bagaça, canavial, escadaria de favela, Viviane Araújo, policial gordo corrupto, duas negras lindas e muito gostosas, perseguição num matagal perto de Barra do Piraí, um acidente na Serra das Araras, Rio de Janeiro, um pouco de sexo e macumba.

Podemos ter problemas com Ibama ou Funai, mas podemos usar qualquer outra história desde qu não tenha ninguém examinando cena de crime, laboratório, um herói e nem alguém muito engraçado. Provavelmente irá durar com muita sorte três temporadas, talvez cinco se ele morrer.


– Pronto, Guto! Vai dorme.

Um pensamento sobre “SERIADO: MACUMBA PESADA

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s