SEXMACHINE

GAROTA TATUADA NEM FOI O MAIOR DOS MEUS PROBLEMAS, O TRAVESTI ME DEIXOU BOLADO E QUEM ROUBOU MEU CHILLI?

Tudo começou com um quarto de hotel em algum lugar que parecia São Paulo ou qualquer outra metrópole erguida com muito cimento. Estávamos de passagem, o motivo não me recordo, mas havia uma mala cheia de aparelhos eletrônicos onde haviam drogas escondidas para três amigos diferentes.

Na janela observo um travesti no rua colocando drones para funcionar. Estariam buscando a mim, a mala ou o que? Não deu tempo de saber, mas depois de alguns minutos notei que algumas naves atravessavam as ruas e soltavam uma névoa estranha que aos poucos jogava uma massa verde que fazia crescer plantas, grama, árvores no meio daquela selva de pedra. Aranhas subiam pelas paredes e soltavam das suas teias esta névoa que ia tomando conta de tudo. Fechei as janelas e disse pra ela:
– Vou ali na rua ver que porra é essa…

Saio de cuecas, com um pote de chilli na mão e um prato com um pão australiano na outra. Não tinha mesmo muita gente na rua. Um cartaz anuncia um show de rockabilly num bar ali perto, resolvo conferir. Ainda estava vazio, a primeira mesa em frente ao caixa parecia perfeita para começar os trabalhos. O pote onde estava o chilli empesteia o ambiente e alguns comentam a minha audácia. Para evitar qualquer problema peço uma cerveja irlandesa que me foi servida num copo bem largo. O prato com pão australiano com chilli some da mesa no meu descuido.

 

tumblr_lybzvtVQJn1qmwb5bo1_500Bar cheio, fila na porta e de repente estou vestido de jeans e camisa preta como de costume. Uma moça tatuada me serve mais cerveja e começa a puxar assunto na beira do balcão. Alguém grita meu nome e não dou muita bola. A possibilidade de ter outro Guto ali não era nada remota. A moça tatuada vai e:
– Hoje é noite das lobas.
– É mesmo?
– Eu sou uma loba.
– Parabéns!

A moça tatuada faz como se arranhasse o ar na minha frente e quase toca meu rosto. Sorri com jeito de quem quer fazer problemas com você. A conversa continua em cima do show que irá tocar a seguir e mais cervejas. Algo na minha cabeça me diz que isso vai dar merda e uma dúvida sobre se isto está acontecendo mesmo paira no ar.

De novo escuto alguém gritando meu nome e de repente vem ela correndo e pula no meu pescoço. Por um instante parecia conhecida, o rosto não me é estranho, mas ela sabia meu nome, tinha certeza que ia me encontrar ali e ia resolver o problema dela.
– Guto! Ai que bom que te encontrei aqui!
– O que foi?
– Acabou ingresso, eu preciso ver este show!
– E?
– Me ajuda a entrar! Me ajuda!
Esfregando seus seios no meu ombro e mordendo os lábios cai minha ficha.

– Teresa, tive um sonho muito doido.
– Você sonhou isso tudo neste cochilo depois do café?
– Sim.
– Quem é esta piranha tatuada!?!?!?

Eu to cagado até agora do meu sonho só com medo de ter apanhado sem ter feito nada.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s